Sobre o Projeto

Filho de um mecânico de aviação aposentado que praticava judô, Carlos Honorato também começou a praticar o esporte. Com enorme potencial, conseguiu vaga no Campeonato Mundial Júnior de 1994, mas quase ficou fora da competição por falta de recursos. Ele só conseguiu comprar a passagem com a ajuda de amigos e dos alunos da Academia de Judô Vila Sônia, de São Paulo, que fizeram festas e rifas para arrecadar dinheiro. Apenas seis anos depois, Carlos Honorato conquistou uma medalha de prata para o Brasil nos jogos de Sidney – 2000. Ele chegou à final depois de vencer o indonésio Krisna Bayuk, o espanhol Fernando González, o japonês Yoshida Hidehiko e o francês Frederic Demont Faucon. No duelo final, o brasileiro perdeu por ippon para o holandês Mark Huizinga.

Dados Pessoais

  • Categoria:Atletas Diversos
  • Web Site: Carlos Honorato
  • Data de Finalização: 06/12/2016
  • Tags: Atleta, Judô, Palestras

Confira o Portfólio